Rádio Rhema Online

sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

TEMPO DE ABRAÇAR...

O QUE O NATAL TEM A VER COM O ABRAÇO?

Há pouco escrevi um e-mail para um amigo pastor no qual enviei em nome de nossa família um GRANDE ABRAÇO. O teor do e-mail falava justamente desse sentimento que une os povos cristãos em torno do dia 25 de dezembro, fazendo-nos abraçarmos uns aos outros desejando-nos mutuamente um FELIZ NATAL.

A questão é que muitos desses mesmos cristãos tão condescendentes e fraternais durante "la noche de natividad" ou "noche buena" tiveram essa mesma oportunidade ao longo dos 358 dias que antecederam a grande véspera, no entanto, guardaram tudo para uma única noite; para um único dia; para uma única ocasião: A NOITE DE NATAL.

Será que faltou oportunidade? Será que faltou coragem? Será que faltou AMOR? Certo é que alguns irmãos, vizinhos, pais filhos, amigos, só receberão (receberam) um abraço seu nesta ocasião.

Ora, se o NATAL é apenas isso, não me agrada o NATAL dos homens!

Mas se a ocasião nos remete à lembrança do GRANDE AMOR DE DEUS para com os homens ao enviar seu filho JESUS para morrer por nós pecadores, então temos sim motivos para celebrar.

Para mim, portanto, será sempre uma oportunidade de louvar ao SENHOR pelas centenas de abraços ofertados e recebidos ao longo e todo o ano, certo de que ainda abraçarei MUUUUIIIITTTTOOOOO, não apenas hoje, mas durante todos os dias de minha vida, enquanto puder fazê-lo.

A todos os amigos e leitores do blog, neste dia de NATAL,

UM FORTE ABRAÇO!

Prossigo para o Alvo... Fp 3:14

1 comentários:

Newton Carpintero, pr. e servo disse...

Prezamado pb. Robson Silva,

A paz do Senhor!

O que nos faz desejar um Feliz Dia de Natal, é simplesmente o fato de comemorarmos o nascimento do que nasceu, para morrer por nossos pecados.

Jesus Cristo não morreu, porque nasceu como um ser humano comum.

Jesus Cristo nasceu para morrer e ressuscitar dentre os mortos, e nos reservar pelo seu sangue derramado a Vida Eterna. Sim! Vida Eterna a todos que forem fiéis até a morte.

O homem não o humilhou, e sim, Jesus Cristo, deixou-se humilhar para a nossa redenção.

Devemos comemorar o seu nascimento, a sua morte, a sua ressurreição e o seu retorno para buscar a sua igreja.

Devemos comemorar este Amor que foi de tal maneira, que não conseguiríamos expressar em palavras. E sim, possivelmente, através da nossa vida, dedicada como um exemplo de CRENTE em Jesus Cristo.

O Senhor seja contigo, nobre amigo e irmão!

Maranata! Ora vem Senhor Jesus!

pr. Newton Carpintero
www.pastornewton.com

Related Posts with Thumbnails