Rádio Rhema Online

quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

VOTOS DE UM FELIZ NATAL...


terça-feira, 10 de dezembro de 2013

NOTA PÚBLICA SOBRE O PNE...



As Associações Educacionais Cristãs, com apoio jurídico da ANAJURE – Associação Nacional de Juristas Evangélicos emite NOTA PÚBLICA Sobre o PNE – Plano Nacional de Educação e as emendas a serem apresentadas na CONAE Conferência Nacional de Educação – 2014.

Considero imperioso que todos os líderes evangélicos – pelo menos aqueles que se preocupam com o destino das famílias cristãs e da sociedade na qual estão inseridos – leiam, apoiem e compartilhem esta nota.

Eu apoio!

Clique na imagem acima para fazer o download da NOTA ou acesse http://pneconae2014.com/ para ir direto ao site.


Prossigo para o Alvo... Fp.3.14

domingo, 17 de novembro de 2013

ACOMPANHAMENTO DE MATERIAS LEGISLATIVAS



SENADO FEDERAL
Secretaria-Geral da Mesa
Acompanhamento de Matérias

As seguintes matérias de seu interesse sofreram ações em: 14/11/2013

SF PLC 00122 2006

Ementa: Altera a Lei nº 7.716, de 5 de janeiro de 1989, que define os crimes resultantes de preconceito de raça ou de cor, dá nova redação ao § 3º do art. 140...

14/11/2013 CDH - Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa

Situação: PRONTA PARA A PAUTA NA COMISSÃO

Devolvido nesta data pelo Senador Paulo Paim com Relatório concluindo pela aprovação do Projeto, na forma da Emenda (Subtitutivo) que apresenta.
TOTAL: 1




Precisamos estar atentos...

Prossigo para o Alvo... Fp.3.14

segunda-feira, 11 de novembro de 2013

COMO FAÇO PARA SER SALVO?


A narrativa de Atos dos Apóstolos, capítulo 16, retrata a preocupação de um jovem carcereiro quanto ao que lhe poderia acontecer caso os presos colocados sob seus cuidados viessem a escapar após um milagroso abalo no cárcere onde eram guardados Paulo e Silas, servos do Senhor.

A resposta dos missionários para o moço foi: “Crê no Senhor Jesus Cristo e serás salvo, tu e a tua casa.” (Atos 16.31).

Ao refletir sobre tal questão, podemos depreender que a história de nossas vidas se assemelha muito a de um "arquivo de texto" escrito num programa de computador. Quando olhamos para trás e nos recordamos daquelas pessoas que amamos e que deixaram saudades, e do significado que tiveram em nossas vidas, ficamos a nos perguntar se porventura partiram salvas.

Confrontados com tal incógnita, somos forçados a aceitar o que diz a Bíblia no Salmo 90: que nossas vidas passam “como um sono; de manhã são como a erva que cresce. De madrugada floresce e cresce; à tarde corta-se e seca.” (vs. 5 e 6). Diz ainda que “os dias da nossa vida chegam a setenta anos, e se alguns, pela sua robustez, chegam a oitenta anos, o orgulho deles é canseira e enfado, pois cedo se corta e vamos voando." (v.10).

Desta forma, ao imaginarmos a história de uma vida escrito em um editor de texto – como estou fazendo agora – temos que considerar, o risco de se perder tudo, ou parte daquilo que nos propusemos a escrever. Basta um “tilt” sem que se tenha salvado o arquivo e lá se vai tudo embora. Tanto trabalho, tanta energia, tanto desgaste mental para no fim perder tudo por causa de uma simples decisão não tomada: “SALVAR NO INÍCIO”. 

Vivemos uma época na qual milhares de pessoas  vivem suas vidas e escrevem suas histórias sem qualquer preocupação com o que pode lhes acontecer. Alguns se limitam ao “título”, outros não conseguem sair da “introdução” ou da “primeira página”, e logo “são deletados”. Muitos são vítimas de panes inesperadas e não conseguem concluir seus objetivos. Histórias vazias, ocas, sem sentido algum. Suas vidas não passam de um “rascunho” esquecido num canto qualquer da “CPU”.

A verdade, porém, é que, todo aquele que vive uma vida longe de Deus e  não aceitou a Cristo como seu Único e Suficiente Salvador é como um arquivo de editor de texto que, mesmo após haver retratado a trajetória, os feitos, as alegrias e tristezas, as conquistas e decepções de uma vida sem, porém, haver sido salvo, pode, a qualquer momento se perder, sem que seja possível reaver o registro de sua história.

Nesse sentido, temos que admitir que não existe “salvação automática” para aquele que não aceitou a VERDADEIRA SALVAÇÃO antes de ser “desligado”. Na história da vida é necessário que o homem reconheça que só  Jesus é o Único capaz de nos assegurar a Eternidade ao lado do Criador.

Que possamos como o salmista pedir ao Senhor: “Ajuda-me, ó Senhor meu Deus, salva-me segundo a tua misericórdia.” (Salmos 109.26).

Faça isso ainda hoje e deixe JESUS mudar o curso da tua história.

Prossigo para o Alvo... Fp. 3.14

Texto evangelístico para o Informativo Rhema de Out/2013, pág. 15.
O Informativo Rhema é o período oficial da Assembleia de Deus Ministério de Cubatão 

quinta-feira, 19 de setembro de 2013

O PAPA É POP...


Preocupado em resgatar antigos fiéis (sic) e, de olho no público jovem, Papa Francisco "volta atrás" e alinha discurso com as agendas gay e feminista global:

"Igreja insiste demais em homossexualidade e aborto" diz papa.

E você o que acha?

Prossigo para o Alvo... Fp. 3.14

Fonte: Site BBC Notícias

sexta-feira, 30 de agosto de 2013

"NA BATALHA CONTRA O MAL, SÊ VALENTE!"


Enquanto deputados "inocentes" perdoam companheiro "culpado" e o mantém no cargo a despeito de haver sido condenado e preso por crime de peculato e formação de quadrilha, pastores "honrados", e outrora tidos como "baluartes" em seus ministérios, digladiam-se na justiça comum (secular) pelo direito de se perpetuarem no poder clerical; e, a despeito das decisões judiciais contrárias, da apatia de seus companheiros e liderados, da desobediência aos estatutos de suas instituições, da promoção de escândalo em meio ao rebanho, da não observância das recomendações bíblicas de 1Co.6:5, da falta de temor ante Aquele com quem haverão de prestar contas, prosseguem firmes e altaneiros, como quem nada tem a temer.

"Há alguma coisa de podre no reino da Dinamarca"!

Que o Senhor tenha misericórdia de nós!


“Para vos envergonhar o digo. Não há, pois, entre vós sábios, nem mesmo um, que possa julgar entre seus irmãos?” (1 Coríntios 6:5)

Prossigo para o Alvo... Fp.3.14

quinta-feira, 15 de agosto de 2013

SUPREMACIA NAS ESCRITURAS



Programa Vejam Só da RITTV recebeu em junho de 2012 nosso amigo de tempos, o Pr. Marcelo Oliveira, editor do Blog Davar Elohim, para debater o tema da Predestinação Calvinista, baseada em Romanos 9.

Na outra ponta do debate estava o pastor calvinista da Igreja Presbiteriana Conservadora, Rev. Welerson Alves Duarte.

Foi um debate respeitoso, esclarecedor e bastante maduro, que merece ser assistido por aqueles que amam a Palavra de Deus e prezam pela boa exegese bíblica.

Parabéns ao amigo!


Prossigo para o Alvo... Fp. 3.14

quarta-feira, 31 de julho de 2013

O CURA, A "FIEL", O PASTOR E A VIRGEM...


Em entrevista exclusiva concedida ao repórter Gerson Camarotti, da GloboNews, o Papa Francisco declarou, em resposta ao questionamento acerca da perda de fiéis católicos para as igrejas evangélicas no Brasil, desconhecer suas verdadeiras causas.

No entanto, especulou que, a exemplo da vizinha Argentina, este evento deva ter como causa o afastamento da igreja e de seus sacerdotes do rebanho, deixando assim uma lacuna para “pastores evangélicos”.

Conta o “Santo Padre”, a certa altura da entrevista (10 min. Aprox..) que, um missionário católico ao visitar uma cidade do sul da Argentina foi interpelado por uma “mulher mui culta” que se queixou que a Igreja a havia abandonado, não restando a ela, nos últimos 20 anos, alternativa que não fosse buscar a Deus “aos domingos” em uma igreja evangélica.

Ainda de acordo com o Papa, ao término de seu diálogo com a mulher, o missionário foi convidado a ver algo que aquela “crente fiel” mantinha em segredo guardado em um armário de sua casa: “uma imagem da Virgem”, a quem venerava às escondidas para que não o soubesse o pastor.

 “_Ela ia ao pastor, respeitava o pastor (sic), o pastor lhe falava de Deus, e ela aceitava (sic), porque não havia um sacerdote. Mas as raízes da Fé ela conservou escondidas em um armário, estavam lá” - concluiu o Pontífice Romano.

Para o Papa Francisco este é o “fenômeno mais sério”, ao qual classificou como “DRAMA DA FUGA”.

Com isto, podemos concluir que, muitos pastores – argentinos, pelo menos –, conquanto se encarreguem de alimentar com migalhas almas faminta da Palavra de Deus, não o fazem de maneira suficientemente satisfatória de forma a levá-las ao pleno conhecimento da Verdade, ao Verdadeiro Deus da Palavra e a seu Filho Jesus - Único mediador entre Deus e os homens e seu Único Salvador.

“Porque não te inclinarás diante de outro deus; pois o nome do Senhor é Zeloso; é um Deus zeloso.” (Êxodo 34:14);“E em nenhum outro há salvação, porque também debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos.” (Atos 4:12);“Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem.” (1 Timóteo 2:5).

Esta falta de consistência na pregação do Evangelho Genuíno parece atrair, também no Brasil, muitos “fieis” sincréticos e idólatras que se deixam seduzir e alimentar pelas alfarrobas oferecidas por pastores muito mais interessados no que tais “ovelhas” têm a oferecer ao redil, que propriamente no cuidado de suas feridas.

Um genuíno e tragicômico “tango argentino”, ou um verdadeiro “samba do crioulo doido”.

Prossigo para o Alvo... Fp.3.14

sexta-feira, 26 de julho de 2013

SOBRE CORDEIROS, PORCOS E LOBOS...


(Apólogo)

Conta-se uma história de certo Leão que surgindo nas terras áridas da Judeia começou a arrebanhar ovelhas desgarradas.

Como fosse algo um tanto quanto incomum, os animais daquelas terras concluíram que a ousadia do atrevido Leão poderia desencadear uma possível rebelião entre os animais dominantes da região – dentre os quais os temidos Lobos. Havia ainda os Porcos: gordos e sujos, desprezíveis e nada amistosos.

Mas, o Leão, decidido que estava, persistiu em sua empreitada, disposto inclusive – e se necessário fosse –, defender até à morte aquelas ovelhas que a ele se achegasse.

Certo dia, um dos maiorais entre os Burros chegou-se ao Leão indagando-o sobre a possibilidade de tomar parte no seu curral – ainda que burros e ovelhas não se misturassem. O Leão de pronto respondeu que sim, sendo-lhe, porém, necessário “nascer de novo”.

Ignorante como uma Mula, o Burro retrucou sobre o significado daquelas palavras: “como seria possível a um burro velho nascer de novo. Por ventura retornaria às entranhas de uma égua e nasceria outra vez?”.

O Leão, que até então não havia se declarado Rei, revelou ao amigo equino que, em seu reino, todo animal lavado no sangue de um cordeiro imaculado perderia a velha natureza e se tornaria uma nova criatura: um genuíno cordeiro. Se bem que para um Burro aquilo não fosse simples de se entender.

Ainda duvidoso das palavras do Leão, o Burro se foi, esperando o dia em que, de alguma forma, aquilo pudesse ser concretizar, ainda que aparentemente lhe soasse impossível. Diz-se que pastava sempre nas cercanias do Leão, seguindo-o de longe, sem dar a saber aos demais animais que lhe fosse simpático.

Tempos depois, alguns Lobos, chefes de grandes matilhas decidiram denunciar as obras do Leão à Dona Raposa – que naqueles dias era quem governava. Estes, seduzidos pela velha Serpente e mancomunados com Hienas zombeteiras, Traíras mentirosas e outras Bestas feras, deliberaram matar o Leão, acusando-o falsamente de proferir palavras enganadoras e de sublevação contra a Grande Loba – dominadora de todas as províncias daquela terra –, e contra o Espírito Criador de todo o Reino Animal.

Temerosos de que pudesse fugir ou mesmo reagir à captura, os Lobos e seus asseclas cooptaram um dos seguidores do Grande Leão, o qual se tratava, na verdade, de lobo em pele de cordeiro, para que este conduzisse uma matilha de cães ferozes a fim de assegurar o logro da emboscada.

O Leão bem poderia ter reagido e derrotado seus captores apenas com o calor do seu rugido, mas não abriu a sua boca. Ele mesmo havia ensinado as suas ovelhas a lição acerca do dia no qual o Leão seria entregue como um “Cordeiro mudo ao matadouro” a fim de ser morto e com seu sangue remir e transformar todo animal – por mais imundo que fosse – em uma alva e preciosa ovelha. Também garantiu que ao terceiro dia ressurgiria, vivo, imbatível, para comprar e resgatar todos os seres de terra que, lavados no seu sangue confessassem o Seu Nome.

É sabido que muitos porcos foram transformados em ovelhas, testificando acerca do Leão e do seu poder a todos os seres das terras circunvizinhas, sendo, por isto, torturados e martirizados, sem, contudo, negar a Fé no Cordeiro de Deus – como ficou conhecido o Rei Leão.

Alguns até testemunharam em seu Nome, mas, mesmo após haver passado pelo processo de limpeza retornaram ao espojadouro de lama; outros, que nunca foram lavados ou transformados, ainda sobrevivem entre as ovelhas comendo aqui e ali todo tipo de sujeira que lhes são lançadas – de alfarrobas à “lavagem”. Ainda assim, o Rei Leão mantém abertas as portas de seu curral na esperança de que não apenas os porcos, mas, outras animálias do campo sejam transformadas pelo Poder de Seu Sangue.

Há, também, os lobos, os quais, disfarçados de ovelhas insistem em se infiltrar no curral. São astutos e cruéis devoradores, andando sempre em matilhas e nunca se submetendo à autoridade do Leão. Ao estrugir de Sua voz, porém, correm como cães medrosos com os rabos entre as pernas, deixando para trás de si as peles de suas vítimas.

Às suas ovelhas o Rei ordenou: “Ide; eis que vos mando como cordeiros ao meio de lobos”; mas advertiu: “Não deis aos cães as coisas santas, nem deiteis aos porcos as vossas pérolas, não aconteça que as pisem com os pés e, voltando-se, vos despedacem”; “acautelai-vos daqueles que vêm até vós vestidos como ovelhas, mas, interiormente, são lobos devoradores.”.

“Eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém.

Prossigo para o Alvo... Fp. 3.14


PS: Nos evangelhos encontramos várias passagens nas quais os ensinamentos de Jesus foram transmitidos aos discípulos através de alegorias, comparações ou analogias: as chamadas Parábolas.

Uma parábola é uma “narração alegórica que envolve algum preceito de moral, alguma verdade importante”¹ ou “narrativa curta que, mediante o emprego de linguagem figurada, transmite um conteúdo moral”², quase sempre protagonizada por pessoas ou seres humanos.

Já o Apólogo, diferentemente da parábola, se perfaz da “narrativa que busca ilustrar lições de sabedoria ou ética, através do uso de personalidades de índole diversa, imaginárias ou reais, com personagens inanimados ou não humanos”³.

¹ Dicionário Priberam da Língua Portuguesa;
² Wikipédia, a enciclopédia livre;
³ idem.



segunda-feira, 8 de julho de 2013

LÁ VEM O PAPA, PAPA AQUI, PAPA ACOLÁ...


RECEPÇÃO DO PAPA FRANCISCO CUSTARÁ AOS COFRES PÚBLICOS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO 1 MILHÃO DE REAIS.

Informações dão conta de que a visita do Papa Francisco ao Brasil, custará aos cofres públicos do Governo da Guanabara não menos que 1 MILHÃO DE REAIS; valor que poderá ser ainda maior se considerarmos os gastos com viagens de autoridades de todo o Brasil que irão participar das reuniões com o Sumo Pontífice.

São pelo menos 700 convidados entre chefes de estado e autoridades dos três poderes.

Ainda não há informações sobre o quanto será gasto pelo governo de São Paulo para recepção na Basílica de Aparecida, mas, é certo que não saíra barato.

Estados, municípios e Governo Federal deverão desembolsar uma "grana preta" para custear as despesas com o maior evento católico dos últimos anos: "A Jornada Mundial da Juventude".

A pergunta que não quer calar é a seguinte:

Com tanta gente defendendo a não participação de evangélicos na gestão da coisa pública sob o já batido argumento do "Estado Laíco", por que cargas d'água os 30% de contribuintes evangélicos deste país – que não são católicos, obviamente – têm que participar do financiamento da recepção do Chefe da da Igreja Católica Apostólica Romana em nosso país?

A igreja Católica e seus fiéis não têm condições de financiar e patrocinar o evento sem a necessidade de subsídios públicos?

Seguindo a onda de moralidade (sic) daqueles que protestaram contra os “voos extraoficiais” com os aviões da FAB, as estadias para jogos da Copa das Confederações, as caronas aos amigos mais íntimos etc., seria muito bom ver o tema na pauta das próximas manifestações, ou será que o Estado só é LAICO pra bandas de cá?


Prossigo – protestante – para o Alvo... Fp. 3.14

domingo, 30 de junho de 2013

VEJA SÃO PAULO DESTILA ÓDIO E PRECONCEITO CONTRA A IGREJA...


A matéria de capa da VEJA São Paulo desta semana é – na minha modesta opinião –, uma das mais pobres, simplista e preconceituosa dos últimos anos.

Com uma abordagem tendenciosa e reducionista e com comentários que nos levam a duvidar das intenções de quem a assina, a matéria simplesmente lança na mesma “vala comum” igrejas com diferentes credos, pastores com diferentes formações e gays, inclusive, com diferentes histórias de vida.

A revista usa de argumentos meramente acusatórios, sem levar em consideração os benefícios que uma igreja evangélica trás para a sociedade em todas as suas áreas: no combate ao uso de drogas; na erradicação da pobreza; no fortalecimento dos laços familiares; no exercício da cidadania e da solidariedade; no respeito ao próximo e às instituições; na fraternidade entre povos de diferentes línguas, etnias e classes de sociais; no socorro ao aflito e na elevação da autoestima do desalentado; na promoção e incentivo à educação, às artes e à cultura em geral... Enfim! A Igreja como organização pode ser considerada a maior agencia de transformação do ser humano.

Nada disso foi sopesado porque não interessa à mídia manipuladora. Sequer foram ouvidas as famílias dos referidos gays ou “ex-gays”, que em sua maioria é constituída por cristãos evangélicos e católicos. Neste sentido, nem ao menos um padre foi ouvido; e por que razão? Será por causa da Jornada Mundial da Juventude prevista para o próximo mês? Ou porque a mídia “evangelicofóbica” não quer ficar “de mal”, também, com a Igreja que nunca deixou de ser a “oficial” no país; a “única aceita” pelas autoridades e organismos oficiais.

Vale destacar, aos que não querem lembrar, que o próprio papa Francisco, enquanto Cardeal na Argentina, referiu-se ao movimento pelo casamento gay como um “movimento do diabo”, “uma pretensão destrutiva aos planos de Deus”. Mas não me recordo de ter lido faixas nas manifestações dos últimos dias que declarassem: “FORA PAPA FRANCISCO, O SENHOR NÃO NOS REPRESENTA”... Será que o “PADRÃO ICAR” é mais bem aceito pelo movimento que o “padrão evangélico”?

Encerro dizendo que, ao embarcar na onda da “Cura Gay” – a maior das invencionices da mídia nos últimos anos –, a revista Veja São Paulo em nada contribui em termos de educação, exercício de cidadania ou, pelo menos, informação – uma vez que esta é parcial, tendenciosa e eivada de preconceito religioso. Prova disso está na foto estampada com destaque do Pr. Marco Feliciano, ao lado de outra onde uma turba exibe faixa que diz: "NÃO HÁ CURA P/ QUEM NÃO TÁ DOENTE. FORA FELICIANO. JUNTOS"...

O máximo que a revista vai conseguir é jogar mais lenha na fogueira, provocando uma maior tensão entre as partes e incitando a revolta tanto de cristãos quanto de homossexuais.


VEJA, hoje senti vergonha de ser seu assinante e leitor!

Prossigo para o Alvo... Fp. 3.14

quinta-feira, 27 de junho de 2013

DEPOIS DE 6 ANOS, AINDA PROSSIGO PARA O ALVO...


No último dia 21 de Junho o Blog Prossigo para o Alvo completou 6 anos de existência.

Incentivado por nosso pastor e amigo Carlos Roberto Silva, do Blog Point Rhema, iniciamos uma trajetória sem volta.

Desde o primeiro post - sob o título “O Cristão e o Auto-controle” - até este último foram 617 postagens com abordagens dos mais variados temas, lidos acompanhados e partilhados por cerca de 164 mil visitantes e centenas de amigos e seguidores.

Todo o mérito, porém, se deve Àquele por quem e para quem são todas as coisas: JESUS NOSSO SENHOR E MESTRE!

No entanto, não poderia deixar de agradecer, também, aos nossos companheiros da Blogosfera Cristã, que prezam pela boa apologética, pela crítica sensata e construtiva, pela boa semeadura em prol do Reino de Deus. A todos, indistintamente, a minha gratidão e o meu sincero apreço.

Estou convicto de que "o muito" que tenho feito não passa de gotas diante de tudo quanto o Senhor pode e quer fazer... São como pingos de chuva em meio a um vasto oceano... Mas ainda sim não desistirei de prosseguir para o alvo, protestando contra o pecado, e proclamando as Boas Novas de Cristo para a salvação do(s) pecador(es).

Prossigo para o Alvo... Fp. 3.14

terça-feira, 25 de junho de 2013

1º SIMPÓSIO POLÍTICO ESTADUAL DA COMADESPE


Perto de 300 ministros (talvez um pouco mais) filiados à Comadespe - Convenção de Ministros das Assembleias de Deus do Estado de São Paulo e Outros, reuniram-se na noite de ontem no Auditório Andre Franco Montoro, da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo - ALESP para participar do 1º SIMPÓSIO POLÍTICO ESTADUAL DA COMADESPE.

O Evento contou ainda com a participação dezenas de autoridades legislativas seculares, além das eclesiásticas.

Foi um momento importante da história da Convenção que, por ocasião do Encontro, apresentou oficialmente, como indicação de pré-candidatura ao pleito Legislativo Estadual para o próximo ano o Pr. Levi Agnaldo Santos - Secretário Adjunto da COMADESPE, o que foi referendado por todos os presentes.

Sob o lema "Juntos Somos mais Fortes" a Comadespe dá provas da mobilização e do engajamento da Igreja de Cristo no cenário político atual do nosso país, cumprindo assim o seu papel social e bíblico, de ser SAL DA TERRA e LUZ DO MUNDO.

Parabéns à Diretoria da Comadespe, na pessoa do Pr. Carlos Roberto Silva - Vice-presidente Executivo, pela brilhante iniciativa.

Prossigo para o Alvo... Fp. 3.14

domingo, 23 de junho de 2013

AND THE OSCAR GOES TO...


Em seu pronunciamento à nação a Presidenta (sic) Dilma destacou como um de seus Planos Nacionais “trazer milhares de médicos estrangeiros para suprir a demanda do SUS”.

De fato a ideia de que “BRASILEIRO É BESTA MESMO” está arraigada nas mentes de nossos governantes – e talvez não seja de todo inverdade.

A ideia de IMPORTAR médicos vai muito de encontro à velha cultura de que “o que vem de fora é muuuuiiiiitttooo melhor”. NIKE, ADIDAS, MC’DONALDS, IPHONE, MICROSOFT, SHELL, BMW, D&G, DR.HOUSE...

Resta-nos, então, o CARNAVAL com “nossas” MULATAS (tipo exportação) e o nosso FUTEBOOOOOOL. Ah! O bom e velho FUTEBOL NOTA 10, com nossos Ronaaaaaaldos, nossos Baixinhos, nossos heróis do TRI, do TETRA, do PENNNNNTA!... Meninos de ouro: vendidos a preço de ouro; e de EUROS – milhares deles... Uma verdadeira “fábrica de fazer dinheiro”.

Mas, à exceção do Doutor – o Magrão – nenhum deles (até onde se sabe) buscou nos bancos acadêmicos formação superior, e pra quê? São MESTRES na arte de jogar bola; são FENOMENAIS, são PRÍNCIPES num reino de faz de contas onde um ÚNICO (sic) REI pode reinar: eterno; absoluto!

Neste reino não há doutores para todos, não há educação para todos, não há segurança para todos, não há moradia para todos, não há hospitais para todos... Mas de que isso importa!? Há entretenimento para todos; há “pão”; há “circo”; há estádios para a próxima COPA DO MUNDO...

E como bem (sic) disse a ANTA, digo, o PENTA CAMPEÃO: “Não se faz Copa do Mundo com hospitais”... Afinal “somos uma pátria de chuteiras”, e de Marias, inclusive!

Se querem hospitais e médicos, então teremos que IMPORTAR. Mas vou avisando logo: “vai nos custar CARO; muito CARO; como todo e qualquer PRODUTO IMPORTADO.”

Prossigo para o Alvo... Fp. 3.14



sexta-feira, 21 de junho de 2013

CURA GAY... QUEM INVENTOU ESTA ESTÓRIA?


Lendo alguns comentários nas páginas do Facebook de ex-alunos e colegas a quem amo e respeito, decidi postar este esclarecimento (originalmente feito no comentário de uma "quase aluna minha").

No que se refere à discussão sobre a tal "CURA GAY", é importante esclarecer que em nenhum momento a Dra. Marisa Lobo - psicóloga vítima de grande e injusta perseguição - fez menção a "cura de pacientes gays". O procedimento administrativo que corria contra ela se deveu ao fato de ela oferecer suporte psicológico a um "pretenso gay que queria se tornar hétero". Tratava-se na verdade de um militante procurando uma forma de incriminá-la por ser uma psicóloga cristã e defender a sua fé em seu blog pessoal.

Como muitos de vocês bem sabem, nós evangélicos estamos – na grande maioria – convictos de que as práticas homossexuais são condenáveis pela Bíblia Sagrada. No entanto, isto diz respeito à nossa fé, às nossas convicções religiosas, e aos nossos dogmas. Desta forma, se algum dia um amigo meu me perguntasse se DEUS condena o homossexualismo eu responderia enfática e amorosamente que SIM – de acordo com a minha crença de que a Bíblia é para mim regra de fé e prática. Não significando, porém, que tenha o direito de impô-la a outros, conquanto a Constituição Federal me garanta o direito de defendê-la livremente mediante a liberdade de expressão e pensamento.

Quem me conhece sabe o quanto respeito os amigos(as) gays que fiz ao longo da minha trajetória profissional, fosse como hoteleiro, como professor, como parceiro em algum projeto. Nunca os discriminei, nunca os maltratei, nunca usei de zombaria – ainda os tenha recriminado, em um dois casos necessários, por comportamento inadequado em local de trabalho – o que fiz igualmente com os héteros.

Alguns, quando me pediram, foram admoestados dentro das Sagradas Escrituras, sempre com muita mansidão, os quais ainda hoje fazem parte do meu rol de amigos, inclusive aqui no Facebook. Mais uma vez digo: os que me conhecem sabem o quanto os respeito e preso, a despeito das divergências no tocante à vida. Estes poderiam tranquilamente testificar em meu favor – se o quisessem.

Mas voltando ao tema central, a malfadada “CURA GAY” não existe, e nunca existiu no vocabulário cristão e, ainda mais seguro que não existe no âmbito da medicina psicológica, exceto no texto do Conselho Federal de Psicologia – os primeiros a mencionar de forma insidiosa, a pretexto de defender os direitos humanos, a possibilidade "de tratamento e cura das homossexualidades".

Nesse sentido, o PDC 234/11 vem justamente combater tal discriminação:

primeiro:
 
não admitindo que se refiram ao atendimento médico psicológico do indivíduo homossexual por quaisquer circunstâncias como pretensa promessa de cura – algo do qual nunca se falou;

segundo: que se preserve a liberdade e os direitos humanos dos homossexuais de quando, como e se assim desejarem, da busca de socorro clínico para suas angústias ou traumas psicológicos, sejam quais forem suas origens (quem é da área poderá ratificar ou retificar o que digo);

terceiro: que se garanta o direito constitucional do exercício da profissão do psicólogo (cristão, judeu, muçulmano ou ateu), a fim de que ofereçam atendimento psicológico a este ou a qualquer outro grupo, independentemente das razões do atendimento.

Postei este esclarecimento porque sei que vocês são pessoas inteligentes e que merecem a oportunidade de refletir sobre esta questão tão importante a partir de outro prisma, que não o das “bandeiras coloridas”.

Por fim, recomendo, aos que tiverem um pouco de paciência, uma boa leitura do PDC 234/11 combinado com o Art. 5º XIII, da CF.
Com todo meu carinho e respeito.

Robson Silva

Segue link para o PDC 234/11 e CF (ver Art. 5º, XIII)

PDC 234/11:
CRFB/88?

quinta-feira, 20 de junho de 2013

RESPEITO: É DISSO QUE SE TRATA!


PORQUE INCLUI O PASTOR NO ROL DOS PROFISSIONAIS DO ART. 5º, XIII DA CF.

Quando incluí a figura do PASTOR no rol exemplificativo dos profissionais foi mesmo proposital. Primeiro para mostrar que todos ali relacionados MERECEM RESPEITO, PRESTAM SOCORRO, e PODEM (alguns já são) vir a ser alvo da agenda GAYZISTA instalada neste país.

A Primeira foi a psicologa Marisa Lobo... Mas logo logo teremos na lista dos perseguidos, o MÉDICO que se recusar, por exemplo, a fazer procedimento de mudança de sexo num transexual; o ADVOGADO que se recusar a representar um casal gay na disputa por uma criança num processo de adoção; o PROFESSOR que se recusar a utilizar o material de orientação sexual produzido pelo MEC; o POLICIAL HOMEM que fizer revista em um travesti ou impedi-lO de utilizar toalete feminino num restaurante, por exemplo - (o mesmo utilizado por nossas filhas); por fim, temos então a figura do PASTOR que, personificado em MARCO FELICIANO ou SILAS MALAFAYA, sofrem todo tipo de agressão verbal (e quase física), por defenderem seus ideais, seu modelo de vida, sua vocação, suas famílias, suas igrejas, sua fé, sua liberdade de expressão, seu culto e suas liturgias...

Tentaram nos calar e até nos criminalizar, "empurrando goela abaixo" a tal PEC122, mas não conseguiram, e agora voltam outra vez, no embalo dos manifestos, a metralhadora colorida contra a Igreja de Cristo. Não posso aceitar isto!

Prossigo para o Alvo... Fp.3.14

terça-feira, 18 de junho de 2013

EU PROTESTO!...


Não importa o que digam, eu permaneço incrédulo com relação às manifestações da última semana!

O Brasil é, historicamente, um país de “protestantes” – não o digo com relação à fé – que vira-e-mexe é acometido por uns soluços de protestos que colocam a população em polvorosa. É! Nós somos assim!

D. Pedro protestou, e criou um império para si e para a família real brasileira – que até hoje gozam das benesses do título de nobreza;

O Mal. Deodoro protestou, e tivemos pela primeira vez “na história deste país” um presidente da República – militar, diga-se de passagem;

Protestamos contra a ditadura militar, mas tivemos que aceitar “goela abaixo” José Sarney – até os dias de hoje;

Protestamos contra o Sarney e contra os “marajás da república”, mas elegemos Collor de Melo;

Protestamos contra Collor – colorindo o Brasil com nossos protestos – mas elegemos Fernando Henrique;

Protestamos contra Fernando Henrique sob a alegação de que teria “governado para os ricos”, mas elegemos – como “nunca antes na história deste país” – por duas vezes, um operário do povo, “o pai dos pobres”: Luiz Inácio Lula da Silva;

Protestamos contra Lula – que não sabia de nada; nada mesmo! – e contra as “falcatruas” de sua trupe: Delúbio, Valério, Dirceu, Paulo Cunha, Genoíno, Roberto Gefferson, Costa Neto, mas elegemos Dilma: “a mãe”;

Protestamos contra Dilma – com direito a vaias em rede nacional e tudo mais –, mas nos mantemos (sic) ligaaaaaaados na Globo para ver o Brasilililililil dar de lavaaaaada nos franceses;

Agora protestamos contra Haddad (SP), que prometeu (sic), entre outras coisas, não aumentar a tarifa de ônibus e ainda criar o bilhete mensalão (ops!);

Tudo isso sem falar do PROTESTO DA MACONHA; do PROTESTO DASPU*&$ (lembram deste?); do PROTESTO DO BEBE ANENCEFÁLICO; do PROTESTO DAS MÃES DA SÉ; do PROTESTO DAS CRIANÇAS DA CANDELÁRIA; do PROTESTO DOS POLICIAIS CIVIS CONTRA MILITARES (SP/2008); do PROTESTO GLBTXZW; do PROTESTO DOS PROTESTANTES... Até a IGREJA CATÓLICA PROTESTOU e ganhou de presente um “acordo firmado pelo Presidente Lula com o Vaticano”.


É tanto PROTESTO que agora até eu decidi protestar... Mas, contra o quê mesmo???

Prossigo - PROTESTANTE - para o alvo... Fp. 3.14

domingo, 2 de junho de 2013

SERÁ ESTE O LEGADO DA COPA?


“Mas a prostituição, e toda a impureza ou avareza, nem ainda se nomeie entre vós, como convém a santos” (Efésios 5:3)

Há quem diga que a prostituição é “a mais antiga das profissões” – considerando, é claro o aspecto pecuniário pelos préstimos ofertados.

Que tal “assertiva” não passa de um adágio popular, isto já é sabido de muitos. No entanto, não devemos descartar o fato de ela haver estado presente no cotidiano de inúmeros – para não dizer de todos – povos da antiguidade. A própria Bíblia Sagrada registra a sua prática, condenando-a veementemente:

“Não haverá prostituta dentre as filhas de Israel; nem haverá sodomita dentre os filhos de Israel. Não trarás o salário da prostituta nem preço de um sodomita à casa do SENHOR teu Deus por qualquer voto; porque ambos são igualmente abominação ao SENHOR teu Deus. (Deuteronômio 23:17-18)

Portanto, considerar a prostituição como sendo algo necessário, aceitável ou até mesmo louvável – o parece defender alguns "progressitas" do Congresso Nacional – aí já é demais.

Vejam, por exemplo, o que declarou o Dep. J.W. ao opinar sobre a necessidade (sic) de o Brasil agilizar o processo de regularização da prostituição às vésperas da Copa do Mundo de 2014: “O Brasil vai receber centenas de milhares de turistas e a gente não pode ser ingênuo de pensar que esses turistas não vão demandar por esse serviço sexual”. (Via: correiodoestado.com.br - 16/01/2013 10h26).

Pois bem, se é esta a ideia de “progresso” que se tem para este país, então devíamos apagá-la de nosso “Pavilhão”, ou estaremos fadados a aceitar como verdadeiro o pensamento de um certo Grabriel o Pensador: “Pátria que me pariu. Quem foi a Pátria que me pariu? Uma prostituta, chamada Brasil...”.

É isto o que queremos para nossos filhos?

Prossigo para o Alvo... Fp. 3.14

Related Posts with Thumbnails