Rádio Rhema Online

segunda-feira, 11 de novembro de 2013

COMO FAÇO PARA SER SALVO?


A narrativa de Atos dos Apóstolos, capítulo 16, retrata a preocupação de um jovem carcereiro quanto ao que lhe poderia acontecer caso os presos colocados sob seus cuidados viessem a escapar após um milagroso abalo no cárcere onde eram guardados Paulo e Silas, servos do Senhor.

A resposta dos missionários para o moço foi: “Crê no Senhor Jesus Cristo e serás salvo, tu e a tua casa.” (Atos 16.31).

Ao refletir sobre tal questão, podemos depreender que a história de nossas vidas se assemelha muito a de um "arquivo de texto" escrito num programa de computador. Quando olhamos para trás e nos recordamos daquelas pessoas que amamos e que deixaram saudades, e do significado que tiveram em nossas vidas, ficamos a nos perguntar se porventura partiram salvas.

Confrontados com tal incógnita, somos forçados a aceitar o que diz a Bíblia no Salmo 90: que nossas vidas passam “como um sono; de manhã são como a erva que cresce. De madrugada floresce e cresce; à tarde corta-se e seca.” (vs. 5 e 6). Diz ainda que “os dias da nossa vida chegam a setenta anos, e se alguns, pela sua robustez, chegam a oitenta anos, o orgulho deles é canseira e enfado, pois cedo se corta e vamos voando." (v.10).

Desta forma, ao imaginarmos a história de uma vida escrito em um editor de texto – como estou fazendo agora – temos que considerar, o risco de se perder tudo, ou parte daquilo que nos propusemos a escrever. Basta um “tilt” sem que se tenha salvado o arquivo e lá se vai tudo embora. Tanto trabalho, tanta energia, tanto desgaste mental para no fim perder tudo por causa de uma simples decisão não tomada: “SALVAR NO INÍCIO”. 

Vivemos uma época na qual milhares de pessoas  vivem suas vidas e escrevem suas histórias sem qualquer preocupação com o que pode lhes acontecer. Alguns se limitam ao “título”, outros não conseguem sair da “introdução” ou da “primeira página”, e logo “são deletados”. Muitos são vítimas de panes inesperadas e não conseguem concluir seus objetivos. Histórias vazias, ocas, sem sentido algum. Suas vidas não passam de um “rascunho” esquecido num canto qualquer da “CPU”.

A verdade, porém, é que, todo aquele que vive uma vida longe de Deus e  não aceitou a Cristo como seu Único e Suficiente Salvador é como um arquivo de editor de texto que, mesmo após haver retratado a trajetória, os feitos, as alegrias e tristezas, as conquistas e decepções de uma vida sem, porém, haver sido salvo, pode, a qualquer momento se perder, sem que seja possível reaver o registro de sua história.

Nesse sentido, temos que admitir que não existe “salvação automática” para aquele que não aceitou a VERDADEIRA SALVAÇÃO antes de ser “desligado”. Na história da vida é necessário que o homem reconheça que só  Jesus é o Único capaz de nos assegurar a Eternidade ao lado do Criador.

Que possamos como o salmista pedir ao Senhor: “Ajuda-me, ó Senhor meu Deus, salva-me segundo a tua misericórdia.” (Salmos 109.26).

Faça isso ainda hoje e deixe JESUS mudar o curso da tua história.

Prossigo para o Alvo... Fp. 3.14

Texto evangelístico para o Informativo Rhema de Out/2013, pág. 15.
O Informativo Rhema é o período oficial da Assembleia de Deus Ministério de Cubatão 

2 comentários:

Carlos Roberto Silva, Pr. disse...

Caro amigo Pb. Robson Silva,
A Paz do Senhor!

Parabéns pelo excelente texto evangelístico, bem como por ser um dos nossos colaboradores na Rede Rhema de Comunicação.
O Eterno te recompensará pela sua presteza, voluntária e dedicação.

Um grande abraço,
Seu conservo n'Ele,

Pr. Carlos Roberto

ROBSON SILVA disse...

A Paz, meu pastor!

Saiba que é uma satisfação participar e cooperar com esta causa santa!!!

Sou sempre edificado! E tenho muito mais a ganhar do que a oferecer...

Que o ETERNO prossiga abençoando as nossas vidas e a de nossos leitores.

Forte abraço!

Related Posts with Thumbnails