Rádio Rhema Online

sábado, 18 de abril de 2009

INCOERÊNCIA BOMBÁSTICA...

Essa semana fiquei estarrecido ao me deparar com a notícia publicada no Blog do Pr. Altair Germano de que um determinado pastor havia declarado em seu site a PREVISÃO DA VITÓRIA DO PASTOR SAMUEL CÂMARA na ainda não realizada eleição da nova diretoria da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB).

Minha indignação não se deu em razão da PREVISÃO BOMBÁSTICA (no melhor estilo Ciro Zibordi), tampouco pela ousadia daquele pastor, mas por suas incoerências.

Ao consultar seu site oficial pude verificar que o tal CLARIVIDENTE é impreciso em suas convicções, já que num primeiro momento tenta se defender de seus "acusadores" dizendo que:

“Todos podem julgar a profecia, é um direito bíblico. Mas façam isso exatamente em seus termos. Vejam que em nenhum momento, a mensagem afirma que o pastor Samuel Câmara ganhará a eleição. Palavras como CGADB, VOTO, ELEIÇÃO, GANHAR (e suas conjugações) não estão contidas na palavra de profecia. Tais afirmações, quando muito, poderão ser inferidas. Neste caso, prevalece o julgamento de quem, tendo o Espírito de Deus e o conhecimento da Palavra, pode discernir a mensagem.”

Depois disso me sai com a estapafúrdia declaração de que:

Com uma diferença de votos acima do esperado, o pastor Samuel Câmara, líder da Assembleia de Deus em Belém e presidente da Rede Boas Novas, venceu nesta quinta-feira, 23 de abril, a eleição para presidente da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB). O pleito, que foi o mais concorrido da história da instituição, levou ao estado do Espírito Santo cerca de 20 mil líderes, que se reuniram entre 20 e 24 do mês em curso no Pavilhão de Exposições de Carapina, Serra.”

Ao menos que eu esteja LOUCO ou REDONDAMENTE ENGANADO, as palavras CGADB, VOTO(s), ELEIÇÃO e GANHAR (venceu) aparecem muito bem grafadas nas PREVISÕES de Rui Raiol - que, mal comparadas, mas parecem uma daquelas "piadinhas" bem-humoradas do Pr. Ciro Zibordi em seus diálogos imaginários, com a ressalva de que as do Pr. Rui Raiol não tiveram a MENOR GRAÇA.

Em sua defesa o Pr. Raiol declara: “Por vontade de Deus, tenho duas obras publicadas pela CPAD e sou articulista da revista Manual do Obreiro, periódicos que são aprovados pelo Conselho de Doutrina da editora, todos membros qualificados da CGADB. Creio que, para os que estão distante de mim fisicamente, esse fato deve apontar alguma referência, embora o Espírito de Deus não precise de títulos para usar o homem. Ele só precisa de vasos de barro, desde que estejam limpos.” (grifos nossos).

Em que pesem as REFERÊNCIAS e os TÍTULOS ostentados pelo preclaro pastor, fiz algumas considerações no comentário postado no Blog do Pr. Altair Germano, as quais faço questão de reprisar aqui no Prossigo para o Alvo com alguns pequenos acréscimos:

1º. Em meio a tantas autoridades eclesiásticas consagradas para o SANTO MINISTÉRIO, aos quais o próprio SENHOR conferiu dons e ministérios, QUEM INVESTIU DE TODO PODER E "CLARIVIDÊNCIA" o referido pastor Rui Raiol para proclamar a vitória (sem trocadilhos) desse ou daquele candidato? Ora, se ao SENHOR aprouvesse declarar através da manifestação do dom de profecia quem seria o próximo dirigente da entidade CGADB, não seriam necessárias as eleições, e consequentemente não seria desperdiçado tanto dinheiro com reuniões fúteis (não que serão; mas na hipótese em questão seriam), quando poderia ser aplicado na expansão do Reino de Deus;

2º. Em meio aos quase 20 mil convencionais – como predito pelo dito pastor (agora foi proposital) – há apenas UM QUE GOZE DO DOM DE PROFECIA? E os outros 19.999 falam apenas línguas? Ou estariam esses pastores incluídos no rol dos VASOS SUJOS (subentendido nas palavras de Rui Raiol)?

3º. Na "remota hipótese" (agora fui sarcástico) de que esse PROFETA DO AUTÍCIMO (sic) tenha se equivocado em suas previsões, será ele excluído da CONVENÇÃO, ou pelo menos advertido por seu PRESIDENTE? Deveria, não acham? Se não por errar nas previsões, mas por difundir de maneira antibíblica o propósito dos dons espirituais, em especial o de PROFETIZAR, qual seja: EDIFICAR, CONSOLAR E EXORTAR.

4º. Se suas previsões se cumprirem, deverão os incrédulos (COMO EU) serem punidos ou advertidos por seus pastores e também pelo SENHOR por não ter dado crédito à "MENSAGEM PROFÉTICA"? Nesse caso, terei que recorrer a um advogado, posto que terei alguns argumentos favoráveis a apresentar... Vou ao MELHOR DE TODOS: JESUS CRISTO, O JUSTO!

5º. Para concluir minha argumentação, deixo as seguintes questões, e peço vênia para fazê-lo, com temor e tremor diante de Deus, e respeito e consideração para com nossos pastores: E SE UM OU AMBOS OS CANDIDATOS MORREREM ANTES DO PLEITO? E SE JESUS ARREBATAR A IGREJA? E SE UMA CHUVA DE METEOROS CAIR SOBRE VITÓRIA? E SE UM TSUNAMI INVADIR O LITORAL CAPIXABA? E SE? E SE? E SE?

Quero crer (e vá ser crente assim lá no Espírito Santo) que não tenha havido má-fé da parte do tal pastor ao declarar publicamente suas REVELAÇÕES - afinal o propósito da revelação é ser declarada - no entanto, sou forçado a concluir que Rui Raiol foi, "no mínimo", inoportuno, despreparado, imaturo, impulsivo, inconsequente, antiético e altamente deselegante.

Que o Senhor tenha misericórdia de nós; e dele também!

Em Cristo Jesus,

Robson Silva
Prossigo para o Alvo... Fp.3:14

4 comentários:

Matias Borba disse...

Paz do Senhor!

É difícil ver tantas coisas que essas eleições já proporcionaram em nosso meios.

Como se não bastasse uma profecia agora vem a determinação da vitória. Quem dirá qual será o novo presidente é Deus e não homens.

Infelizmente o desejo pelo poder de algumas pessoas chega a ser absurdo.

Oremos e muito!

Newton Carpintero, pr. disse...

Prezamado Robson Silva,

A Paz do Senhor!

Está faltando decisão de alguns, do meio evangélico contra estas barbaridades. Parabéns pela sua matéria!

Eu posso afirmar, sem profetizar, que o sr. da profecia, estará iniciando uma nova denominação em pouco tempo. Afinal, já é demonstrado, onde realmente está o seu coração. E, sendo assim, a raiz já está em fase de crescimento avançado.

Esta profecia proferida, foi apenas a flor do que virá. É só esperar.

Oremos: Senhor, tem misericórdia, pois, eles SABEM o que FAZEM!

O Senhor seja contigo!

pr. Newton Carpintero
www.pastornewton.com

Robson Silva de Sousa disse...

Meu prezado irmão Matias Borba,

Me permita fazer um pequeno adendo em seu mui rico comentário:

Entendo que realmente Deus é Senhor de tudo, e em relutando o homem, sempre prevalecerá Sua soberana vontade. No entanto, não são poucas as ocasiões em que Deus deixa a cargo do homem a escolha ou o encargo de corroborar, de interagir com essa Soberania.

Veja o caso da instituição dos Diáconos pela Igreja Primitiva:

"Escolhei, pois, irmãos, dentre vós, sete varões de boa reputação, cheios do Espírito Santo e de
sabedoria, aos quais constituamos sobre este importante negócio...

E este parecer contentou a toda a multidão, e elegeram Estêvão, homem cheio de fé e do Espírito
Santo, e Filipe, e Prócoro, e Nicanor, e Timão, e Pármenas e Nicolau, prosélito de Antioquia; e os apresentaram ante os apóstolos, e estes, orando, lhes impuseram as mãos." (Atos 6:3;5-6).

Vemos aqui homens cheios do Espírito Santo discutindo sobre um importante negócio para o qual deveriam ser eleitos outros homens IGUALMENTE CHEIOS DO ESPÍRITO SANTO para executá-lo.

Como houvesse consenso, não restou aos apóstolos se não corroborar com a decisão do colégio episcopal impondo as mãos sobre os eleitos.

Por sua vez, para comissão de Paulo e Barnabé houve a atuação direra do Espírito Santo:

"Na igreja que estava em Antioquia havia alguns profetas e doutores, a saber: Barnabé, e Simeão,
chamado Níger, e Lúcio, cireneu, e Manaém, que fora criado com Herodes, o tetrarca, e Saulo. E, servindo eles ao Senhor e jejuando, disse o Espírito Santo: Apartai-me a Barnabé e a Saulo para a obra a que os tenho chamado. Então, jejuando, e orando, e pondo sobre eles as mãos, os despediram."

Aqui não vemos a participação da vontade humana, se não unica e exclusivamente a VONTADE SOBERANA DE DEUS. O papel do colégio clerical limitou-se à declaração dessa vontade pela imposição de mãos; o mesmo que dizer: AMÉM!

Temos, portanto, DUAS OCASIÕES distintas em que a vontade de Deus se faz conhecer PELA e SEM a participação do homem.

Daí porque disse que o SENHOR até poderia ter REVELADO ao Pr. Rui sua vontade, mas se assim fosse o faria por intermédio de Seu Espírito sobre a vida de todos, ou pelo menos da maioria dos membros do Colégio Convencional...

"E, servindo ELES ao Senhor e jejuando, disse o Espírito Santo..."

Que o Senhor o abençoe pela sua graciosa participação em nosso blog...

Um forte abraço!

Robson Silva

Robson Silva de Sousa disse...

Estimado Pastor Newton,

Louvo a Deus por sua preciosa participação aqui no Prossigo para o Alvo...

Lamentavelmente, ELES REALMENTE SABEM O QUE FAZEM...

Que o Senhor tenha misericórdia de todos nós!

Um grande e fraternal abraço,

Em Cristo,

Robson Silva

Related Posts with Thumbnails