Rádio Rhema Online

segunda-feira, 13 de abril de 2009

QUE VERGONHA

É difícil acreditar que em um Estado Democrático de Direito ainda tenhamos que conviver com atos de arbitrariedade, coação, ditadura, despotismo, tirania, mordaça e qualquer outro termo ou expressão sinônima que se queira dar à prática de subjugo ou imposição de vontades, de interesses ou de ideologias de uma minoria em detrimento de um grupo ou mesmo de um indivíduo como forma de repressão e controle.

O episódio registrado no blog GERAÇÃO QUE LAMBA na última semana, em que os editores daquele espaço se viram obrigados a excluir uma postagem jornalística, crítico-analítica, da realidade vivida pela Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB), deixou estarrecida a blogosfera cristã.

Em que pese o fato de não termos tomado conhecimento do conteúdo da matéria objeto da “velada” censura, concluímos pelos esclarecimentos apresentados pelo irmão Victor Leonardo Barbosa (um dos editores do blog) em sua publicação intitulada “Sobre a retirada da última postagem”, que a postura adotada por um dos parceiros do blog de excluir o post é típica de quem se encontra sob o jugo de forças poderosas, ou como diria o grande ícone da política nacional, o ex-presidente Jânio da Silva Quadros: “de forças ocultas e terríveis”.

Como bem salientou nosso irmão Gutierrez em seu artigo “Censura e Coronelismo” no blog Teologia Pentecostal: “todos sabem que isso existe, mas infelizmente é pouco falado”. É justamente em cima da omissão a que se refere o blogueiro que trabalha e cresce o movimento das “forças ocultas e terríveis”.

Querer tapar a boca de jovens arautos cristãos por se manifestarem legítima, legal e publicamente sobre um tema de interesse geral como é o caso das eleições convencionais da nova diretoria da CGADB, principalmente quando essa voz se faz ouvir pela boca de um jovem estudante de jornalismo membro da chamada Igreja-mãe (Assembléia de Deus em Belém do Pará) é o mesmo que "vestir a carapuça".

Paulo
ao escrever aos crentes romanos faz um contundente apelo:

Rogo-vos, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. E não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.” (Rm 12:1-2 - negritos nossos)
.

O apóstolo estava dizendo justamente que não devemos corroborar com as práticas adotadas e “formalizadas” pelo príncipe das trevas desse mundo tenebroso como forma de implantar seu maligno sistema de controle sobre as vidas. Ora, para isso se manifestou o Filho de Deus: “para destruir as obras de Satanás” (1Jo 3:8); para “apregoar liberdade aos cativos, e restauração da vista aos cegos, a pôr em liberdade os oprimidos” (Lc 4:19). Daí porque não devemos nos moldar nas “formas” fundidas e utilizadas por Satanás para fazer valer seus intentos malignos sob o pretexto de que temos que nos sujeitar às autoridades.

Certamente que haverá momentos em nossas vidas em que o silêncio será a melhor resposta para algumas questões, mas isso não significa dizer que tenhamos que calar as nossas vozes ou fechar os nossos olhos diante de tamanho desrespeito e injustiça. Se não do ponto de vista cristão – o que para alguns não faz a menor diferença –, mas do ponto de vista legal, já que a Constituição da Republica Federativa do Brasil em seu art. 5º, incisos II, IV, IX e XIV, dentre outros, confere a todo cidadão brasileiro a liberdade de pensamento, de expressão e de acesso a informação:

“Art. 5º - (caput omissis)
II - ninguém será obrigado a fazer ou deixar de fazer alguma coisa senão em virtude de lei; IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato; IX - é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença; XIV - é assegurado a todos o acesso à informação e resguardado o sigilo da fonte, quando necessário ao exercício profissional".

Também a Lei de Imprensa (Lei nº 5.250, de 09 de fevereiro de 1967) em seus artigos 1º, 7º e 27 prescreve:

“Art. 1º É livre a manifestação do pensamento e a procura, o recebimento e a difusão de informações ou idéias, por qualquer meio, e sem dependência de censura, respondendo cada um, nos termos da lei, pelos abusos que cometer.” (grifo nosso);

“Art.. 7º No exercício da liberdade de manifestação do pensamento e de informação não é permitido o anonimato. Será, no entanto, assegurado e respeitado o sigilo quanto às fontes ou origem de informações recebidas ou recolhidas por jornalistas, radiorrepórteres ou comentaristas.”


"Art. 27 – "Não constituem abusos no exercício da liberdade de manifestação do pensamento e de informação:

I - a opinião desfavorável da crítica, literária, artística, científica ou desportiva, salvo quando inequívoca a intenção de injuriar ou difamar;

...

IX - a exposição de doutrina ou idéia."


Espero em Deus que nossos pastores, líderes e mestres atentem com maior cuidado e respeito para as Leis dos homens e maior temor e reverência para as Leis de Deus.

A nosso irmão Victor Leonardo nosso apoio. Que o Senhor lhe dê forças e ânimo para vencer esse momento difícil de sua vida.

Nossas vozes jubilosas
elevemos para protestar contra a prática da mordaça no cenário evangélico.

Prossigo para o Alvo... Fp. 3:14

4 comentários:

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro Robson,
Graça e Paz!

Parabéns pela abordagem, tanto do ponto de vista legal, assim como bíblica.

Nada a acrescentar, senão lamentar!

Publiquei o artigo "censurado" nos comentários do meu blog, especificamente do post:

ZÍPER NA BOCA DE BLOGUEIRO

http://pointrhema.blogspot.com/2009/04/ziper-na-boca-de-blogueiro.html

Um grande abraço!
Pr. Carlos Roberto

Matias Borba disse...

Paz do Senhor amado!

Por gentileza me faça um favor:

Ponha vergonha nisso!!!

Isso é muito vergohoso!

Parabéns pelo post.

EDILSON VALDECI disse...

A paz de JESUS caro irmão,
Estamos todos indignados com essa situação e por isso estaremos postando em nosso espaço esse seu post.Para que saibam todos que a CGADB tem caminhado por uma uma estrada que não condiz com as escrituras. Fique na santa paz de JESUS.

Debora Zibordi disse...

A paz do Senhor, meu irmão.

Pois é, isto é realmente muito vergonhoso na blogosfera cristã.

Que o Senhor nos conserve em paz!

Deus te abençoe e use sempre

Related Posts with Thumbnails