Rádio Rhema Online

domingo, 21 de fevereiro de 2010

YO ESTOY ENOJADO...

Prezado irmãos e amigos seguidores do Prossigo para o Alvo,

Não sou desses que costumam participar de correntes de e-mail, que muitas vezes divulgam notícias batidas - em alguns casos duvidosas - que mais servem para fazer circular spams que para informar.

Mas o assunto que me proponho a divulgar neste post, o qual recebi em meu e-mail, me chamou a atenção porque além de ser algo que realmente está sendo veiculado na mídia, atinge diretamente as vidas de alguns milhares de cristãos menos avisados.

Trata-se da música tema da novela "global" Cama de Gato, cantada por uma das bandas de pop rock de maior sucesso no meio da juventude e dos quarentões: os Titãs.

A letra da música, de autoria do vocalista e tecladista Sérgio Britto, trás uma mensagem tão contrária a tudo aquilo que um ser humano de bem possa desejar para sua vida, que chamá-la de DIABÓLICA seria uma redundância.

Até aqui você pode estar se perguntando: "Mas o que é que nós cristãos temos a ver com isso?"

TUDO! Eu diria!

Parece-me que nossas prioridades enquanto "semeadores do reino" estão tão às avessas, que preferimos fechar os olhos para uma realidade triste e nua (depois falo mais disso) bem diante de nossos olhos: ESTAMOS PERDENDO TERRENO PARA SATANÁS!

Enquanto discutimos sobre onde deveriam estar fixados nossos marcos ou quem tem mais autoridade dentre os irmãos (herdeiros) para fixá-los, perdemos nossos referenciais, nossas linhas limítrofes, nossos quadrantes, até nossas ovelhas, enquanto Satanás penetra ainda mais em nossas terras.

Ao rompermos nossas cercas, esquecemo-nos de que sem elas nos tornamos mais vulneráveis; desprotegidos; presas fáceis para o inimigo.

Vejam vocês que até pouco tempo, ter o cristão uma TV era algo abominável. Uma irmã deixar de ir ao círculo de oração ou um jovem ao ensaio da mocidade por causa de uma novela ou uma partida de futebol era algo passível até de exclusão. Algo tão “ridículo” que ao invés de nos preocuparmos em tomar posse do terreno do inimigo (já que o aparelho fazia parte do seu reino), removemos nossos marcos e liberamos nossas ovelhas para pastarem em suas terras.

Algum de nós alguma vez foi ensinado de verdade sobre o porquê não deveríamos nos ater diante da “caixa preta do cão”? Algum irmão, jovem ou obreiro se recorda, sinceramente, de ter sido ensinado acerca das mensagens perniciosas e diabólicas transmitidas pelos programas de TV, fossem novela, desenhos animados, filmes de aventura ou entretenimento barato, a luz das Sagradas Escrituras?

Salvo raríssimas exceções eu responderia com um sonoro NÃO! Certamente que NÃO!

Aliás, recordo-me certa vez de um pastor que visitou nossa igreja (em meados da década de 90) dizendo que a maior prova de que a NOVELA era coisa do cão estava no próprio substantivo: NÓ-VELA. Segundo ele a serpente dava um nó (isso mesmo) na vela (?) e deixava o crente enrolado até morrer. Isso lá é ensinamento!?

Diz o folclore evangélico que também nesta época alguns cristãos se desfizeram de seus aparelhos de microondas por causa da palavra “demo” na inicialização do eletrodoméstico. E eu creio!

O que fizemos para evitar o "estouro da manada (ops! mudei de ovelha pra outro tipo de gado) foi simplesmente remover os marcos: liberarmos nossos crentes as suas próprias mercês a fim de que de deliberassem por si mesmos sobre o quê e onde poderiam ou não comer, conquanto voltassem ao final da tarde (nem todos voltaram) para o redil. Tudo à luz da Democracia Cristã...

Doutrinar a igreja acerca do mal uso da TV (alguém sugere uma forma boa de fazê-lo, na atual conjuntura?), novelas, filmes violentos, programas pornográficos (deixaram de ser sensuais há muito tempo), desenhos satânicos etc. passou a ser visto como algo retrógrado e insano, de sorte que poucos são os que se aventuram por estes temas. Em alguns casos dá até processo... Judicial mesmo!

Ah, esqueci de falar dos programas evangélicos... Mas esses devemos tratar em particular para não corremos o risco de ferir alguns irmãos, especialmente aqueles que os patrocinam.

Bem, deu no que deu:

Cedemos à pornografia do BIG BROTHER. Mulatas nuas se tornaram “reclames comerciais” – para não dizer apelação sexual – plenamente aceitável nos intervalos do “plim-plim”; pegadinhas grotescas, grosseiras e libidinosas se tornaram o entretenimento preferido da garotada (muitos adolescentes cristãos gozam de liberdade total para assistirem TV pelas madrugadas); adultério, homossexualismo, pederastia (alguém ainda sabe o que é isso?), divórcio (ops! Esse parece que foi liberado!), e outros temas antes refutados pela igreja se tornaram o grande mote das novelas globais (no sentido lato da palavra)...

Você conhece alguma família crente ainda hoje que desligue a TV nos horários das refeições? Ou quando recebe uma visita em casa (especialmente de pessoas ímpias)? Ou que limita os programas, dias e horários que seus filhos podem se rendem a “caixa preta” - agora em formato slim high definition?

Puxa, tinha tanta coisa que eu gostaria de falar, ainda, acerca dessa realidade podre para a qual fechamos nossos olhos e tapamos as narinas... Mas quem ainda hoje se sente nauseabundo ao ligar o aparelho de TV? Muitos já o ligam por se sentirem entediados; por não terem nada melhor para fazer. São dominados pelo controle remoto, que os impulsiona de um canal para o outro. Estão perdidos em meio ao lixo como urubus ou porcos em busca de algo que lhes possa saciar o apetite...

Talvez você até esteja lendo este texto de frente para ao seu televisor e se sentindo enojado com tudo o que escrevi, não é mesmo? Afinal, quem é esse crentinho petulante (santarrão) que quer dar a entender que não dá também as suas “espiadinhas” em seus programinhas preferidos? A “fazenda” (ops! esse já acabou) ou as deliciosas receitas de “Namaria”?

Bem, meu amigo... Este blogueiro não suporta mais passar sequer em frente às “caixas cinzas” (é, AS MINHAS são cinzas). Estou tão enojado, que me arrependo a cada dia de ter cedido à tentação de tê-las...

Quem sabe se quando nossos marcos foram removidos, se tivessem sido melhor fixados, não seríamos hoje os legítimos donos dessas terras? Infelizmente não foi o que aconteceu!

Talvez por isso muitas ovelhas estão pastando gramas secas e bebendo água suja em fontes contaminadas.

Talvez por isso mensagens como a dos Titãs tenham chegado a muitos lares evangélicos sem que o “crentespectador” tenha notado.

Eis a letra de “Pelo Avesso”. Veja (leia) com seus próprios olhos ao que nos rendemos. Digo: alguns se renderam... EU NÃO!

Vamos deixar que entrem
Que invadam o seu lar
Pedir que quebrem
Que acabem com seu bem-estar
Vamos pedir que quebrem
O que eu construi pra mim
Que joguem lixo
Que destruam o meu jardim
Eu quero o mesmo inferno
A mesma cela de prisão - a falta de futuro
Eu quero a mesma humilhação - a falta de futuro
Vamos deixar que entrem
Que invadam o meu quintal
Que sujem a casa
E rasguem as roupas no varal
Vamos pedir que quebrem
Sua sala de jantar
Que quebrem os móveis
E queimem tudo o que restar
Eu quero o mesmo inferno
A mesma cela de prisão - a falta de futuro
Eu quero a mesma humilhação - a falta de futuro
Eu quero o mesmo inferno
A mesma cela de prisão - a falta de futuro
O mesmo desespero
Vamos deixar que entrem
Como uma interrogação
Até os inocentes
Aqui já não tem perdão
Vamos pedir que quebrem
Destruir qualquer certeza
Até o que é mesmo belo
Aqui já não tem beleza
Vamos deixar que entrem
E fiquem com o que você tem
Até o que é de todos
Já não é de ninguém
Pedir que quebrem
Mendigar pelas esquinas
Até o que é novo
Já esta em ruinas
Vamos deixar que entrem
Nada é como você pensa
Pedir que sentem
Aos que entraram sem licença
Pedir que quebrem
Que derrubem o meu muro
Atrás de tantas cercas
Quem é que pode estar seguro?
Eu quero o mesmo inferno
A mesma cela de prisão - a falta de futuro
Eu quero a mesma humilhação - a falta de futuro
Eu quero o mesmo inferno
A mesma cela de prisão - a falta de futuro
O mesmo desespero

Pois é, meu irmão... Esta é a CAMA DE GATO que Satanás preparou para os crentes desatentos.

E você, vai continuar deitando nela?

Que o Senhor tenha misericórdia de nós!

No temor do Senhor,

Prossigo (enojado de tudo isso) para o Alvo... Fp 3:14

4 comentários:

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro irmão e amigo,
Pb. Robson Silva,

A Paz do Senhor!

O que falar mais, se vc. nào deixou nada para mim?

Parabéns e vigiemos para não cairmos também na tentação!

Um grande abráço!
Pr. Carlos Roberto

Robson Silva de Sousa disse...

Meu amado Pr. Carlos Roberto.

Venho suplicar o vosso perdão se exagerei na dose (no conteúdo) a ponto de não restar uma pitadinha sequer de acréscimos para ti...

Obviamente sei que estás sendo modesto, e que uma gota que fosse acrescentada vinda de ti seria como uma torrente de águas...

Portanto, meu amigo, até que me provem o contrário, um simples olá teu aqui neste singelo espaço será considerado um discurso!!!

Abraços!

Que o Senhor te abençoe!

Robson Silva
(o discípulo)

Newton Carpintero, pr. e servo disse...

Prezamado pb. Robson Silva,

A paz do Senhor!

Estou muito preocupado com o amado irmão. Penso que algo o está levando ao delírio e existe um sentimento de auto-destruição.

Esta pregação não é para os tempos de hoje.

Esta pregação é demasiadamente pesada.

Esta pregação causa desespero!

Esta pregação cria inimigos!

Penso como o pr. Carlos Roberto em seu comentário:

"O que falar mais, se vc. nào deixou nada para mim?"

Somente repetirei uma faísca do seu texto:

"TUDO! Eu diria!"

Preciso acrescentar algo mais? Claro que não!

O Senhor seja contigo!

O menor de todos.

Robson Silva de Sousa disse...

Meu querido "bichinho" Carpintero,

Graça e Paz da parte de nosso Senhor Jesus Cristo.

Acho que estou ficando velho... e consequentemente mais seletivo... Faz parte da nossa natureza...

Mas prefiro assim, afinal, "melhor é o fim das coisas que o começo"...

O apóstolo Paulo escrevendo aos Gálatas disse: "Ó insensatos gálatas quem vos persuadiu para que tão depressa voltasse ao rundimento antigo". (Gl 3:1)

Nesse caso, aos rudimentos do velho homem (do pecado)...

Em nosso caso, eu bem gostaria de voltar aos "velhos rudimentos da sã doutrina", que em verdade não são velhos, mas NOVO A CADA MANHÃ...

Que o Senhor tenha misericórdia de nós!

Abraços.

Do amigo,
Robson Silva
(o presbítero)

Related Posts with Thumbnails